Sábado, 14 de Julho de 2007

...

"Ai Portugal porquê que me andas a tratar tão mal?
Para onde foi a tua rectangular simpatia?
Que apenas vejo arestas do mais frio quadrado.
Os teus risos outrora sinuosos e quentes ecoam hoje a pálida fotocópia a preto e branco de outros tempos
Xerox disforme e desafinada, trabalhando em dia de apagão é o que tu és.
Onde param teus homens e mulheres, Portugal, com as suas mãos ásperas e pés gretados? Que já não sinto o chão a tremer a cada volta do Vira.
Vejo apenas peles tratadas que de tão fúteis se tornaram baças, quase esverdeadas.
Já nem o teu Verão é Verão, pois mais parece um Outono amaricado, deprimente, deprimido, frio e amarelo.
Porquê que me abandonaste agora Portugal?
Agora que eu realmente preciso das tua carícias na nuca sonhadora.
O que é feito das revolucionárias promessas se apenas o erro se perspectiva aos meus olhos.
De que serviram os mundos que deste ao mundo se de uns e outros vivemos agora tão longe?
Ah Portugal, segura-me nas mãos ao menos hoje, que eu prometo amanha carregar-te em ombros e levar-te onde quiseres.
Dar-te-ei vinho doce e pão de ló e farei com que te orgulhes de mim.
Porquê que insistes em fazer que não me ouves, que mais parece que não me conheces?

Vá, desliga o telemóvel, fala comigo nos olhos, sente o meu cheiro, desde daí, vamos redescobrir-te juntos.
Assume o que és e deixa de tentar se aquilo que gostavas de ser, que as plumas parisienses e as bebidas transparentes do norte não de caem nada bem.

Bem sei que não me ouves e sinto a combustão da saudade de todos aqueles que como eu se fartaram da espera.
Por isso e para não alongar mais a angustia, considera esta palavras como uma despedida de alguém que te quer bem e se delas que quiseres servir tanto melhor."

Alcebíades José

publicado por Ridwan às 20:39
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Pedro Ferrira a 27 de Julho de 2009 às 18:03
Meu Deus há quanto tempo tinha perdido o rumo ao Alcebíades...
Passados dois anos deste texto ter sido escrito ele faz ainda mais sentido.
Ups... Acho que também eu sou um Pseudo Indie.
Parabéns pelo blog.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Feeds

  Subscribe in a reader

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.links

.tags

. todas as tags

Creative Commons License
.