Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Mudar de Bina

©Vera Marmelo

"Arrepia. O deslizar dos dedos nas cordas da guitarra acústica. Arrepia. A mestria de Norberto Lobo. Arrepia. A beleza rara dos sons que saltam de “Mudar de Bina”.
Esta guitarra tem alma. Esta guitarra tem Paredes lá dentro. Norberto Lobo dedica este disco a Carlos Paredes. Oferece-lhe o tema “Mudar de Bina” e recria “Mudar de Vida”.
Sim, porque apesar de haver quem note uma certa folk nestas notas, e a faixa “Jogo do Bicho” é disso maior exemplo, esta guitarra tem muito mais de portuguesa do que do pó árido das terras americanas. Aliás, não é à toa que por aqui existe um tema de nome “Festa do Fim da Folque”. E Norberto Lobo envolve-se com um certo Portugal mais popular ao recriar “Cantiga da Ceifa” e “Ó Ribeira”.
Olhando o passado recente de Norberto Lobo, que passou pelos In Her Space e que colabora com os München, difícil seria prever, que para ocupar alguns tempos mortos na sua actividade musical, Norberto pegasse na sua acústica para criar desta maneira temas que nos prendem por completo os sentidos. O maior crime que lhe podemos apontar, é não o ter feito mais cedo.
Mudar de Bina” é um disco perfeito, porque feito de forma desprendida. Não se perde em grande trabalho de estúdio. Desta forma a arte de tocar de Norberto Lobo esta toda em carne viva. É um disco muito puro, quase low-fi, com muitos temas a serem gravados em casa e outros mesmo na rua.. Por exemplo, “Laura” foi gravado no Porto no Palácio de Cristal. O cantar de uma ave e o bater do sino na torre, que saltam para a música no compasso certo, dão um estonteante colorido ao quadro.
Discos como “Mudar de Bina” são raros. Tesouros que não encontramos por aí ao virar de cada esquina. Talentos como o de Norberto Lobo, que tem um sentido apurado do bom gosto, devem ser acarinhados.
Com a folk ao longe e a guitarra de Carlos Paredes no coração, Norberto Lobo, cria um registo, de cores inebriantes, que nos traz dentro um conjunto de texturas e de personagens, que podemos olhar na pintura de João Abel Manta que veste o cd..
Aida estou arrepiado. A pele de galinha. Ainda estou arrepiado. Mas com vontade de voltar a “Mudar de Bina”. Que assim seja…Nuno Ávila

Bor Land\Myspace\Sítio
Mudar de Bina
 
publicado por Ridwan às 21:22
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Afronauta a 13 de Novembro de 2007 às 02:42
Linda foto a do guitarrista com a guitarra em primeiro plano!
De Ridwan a 13 de Novembro de 2007 às 18:31
Mais uma bela foto da Vera Marmelo

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Feeds

  Subscribe in a reader

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.links

.tags

. todas as tags

Creative Commons License
.