De M. a 21 de Abril de 2008
A Jazz Picante só podia vir mesmo do inspirado do Miguel Belo;)... uma das minhas primeiras refeições lisboetas foi... em casa dele;)... Aposto que se ele lesse o belo artigo que clipaste- a música mais desagradável do mundo- faria um largo sorriso e ia buscar um dos seus vinis de jazz;)....
De Ridwan a 21 de Abril de 2008
:) essa sim seria a atitude certa,mostrar que as conclusões do "estudo" estão incorrectas,se assim fosse estávamos tramados,lá teríamos que levar com mais música formatada.
Por acaso hoje ouvi 2 temas de Thurston Moore que tinham mais de 20 minutos cada.
De M. a 22 de Abril de 2008
Há um músico do jazz- guitarrista- que diz que gosta de sair à noite e ir aos clubes de música de dança. Perguntei-lhe se ele gostava de música electrónica, porque alguma música electrónica, com mais de 20 mns;), não poderia estar mais longe do jazz. E ele diz-me: bem, é claro que nalguns sítios apanho com 30 metros de música, noutros com 50 e enfim, depois farto-me, mas durante um bocadinho é bom... É claro que só poderia ser um tipo do jazz (aquelas cabeças não têm descanso)- quem mais é que aguentava 30 metros de música, não é? 30 metros de jazz aqui, mais uns 5 de electrónica ali, enfim... Felizmente temos o Thurston Moore e os outros, senão, metro a metro, ficávamos sem pinga de sangue...
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres